A B C D E F G H I L M N O P R T U Y

Semântica

Semântica é o estudo do significado das palavras e de sua evolução histórica ou, numa acepção mais estrita, das relações das palavras com os objetos que designam. O termo, derivado do grego semantikós, "significativo", foi cunhado pelo lingüista francês Michel Bréal que, na obra Essai de sémantique (1897; Ensaio de semântica), lançou as bases da nova "ciência das significações", integrada à lingüística ou gramática geral, e paralela à fonética, ciência dos sons. Leia mais...

Semiótica

Semiótica é a ciência que estuda os signos e as leis que regem sua geração, transmissão e interpretação. Seu objeto compreende, portanto, todos os sistemas de comunicação animais ou humanos e, dentro desses últimos, tanto a linguagem verbal como as entonações emotivas, os gestos e qualquer atividade comunicativa ou significativa - artes, moda, publicidade, rituais, sinalização de trânsito etc. Leia mais...

Ser

A reflexão em torno do ser constitui um dos temas centrais da tradição filosófica ocidental. Os diferentes significados que se atribui a esse conceito, no entanto, levaram seus estudiosos a adotarem os mais variados enfoques. Do ponto de vista gramatical, o termo "ser" pode ser entendido como verbo ou como substantivo. A forma verbal tem dois sentidos possíveis: de existência, como em "algo é", ou de ligação, como em "algo é x". Leia mais...

Sistemas Políticos

Nos textos contemporâneos de ciência política os conceitos de estado, poder e regime têm sido substituídos pelos de sistema político, expressão mais abrangente que compreende tanto os diversos níveis de organização política como a institucionalização de determinadas ideologias. Leia mais...

Sociedade

Sociedade é o agrupamento de indivíduos entre os quais se estabelecem relações econômicas, políticas e culturais. Numa sociedade existe unidade de língua e cultura e seus membros obedecem a leis, costumes e tradições comuns, unidos por objetivos que interessam ao conjunto, ou às classes que nele predominam. Em sentido estrito, confunde-se com a comunidade política que vive num estado nacional e seus limites são as fronteiras políticas e geográficas do estado. A idéia de sociedade pressupõe um contexto de relações humanas no qual ocorre a interdependência entre todos e cada um de seus componentes, que subsiste tanto pelo caráter unitário das funções que cada membro desempenha como pela interiorização das normas de comportamento e valores culturais dominantes em cada comunidade. Leia mais...

Sociologia

Sociologia é a ciência que estuda a natureza, causas e efeitos das relações que se estabelecem entre os indivíduos organizados em sociedade. Assim, o objeto da sociologia são as relações sociais, as transformações por que passam essas relações, como também as estruturas, instituições e costumes que têm origem nelas. A abordagem sociológica das relações entre os indivíduos distingue-se da abordagem biológica, psicológica, econômica e política dessas relações. Seu interesse focaliza-se no todo das interações sociais e não em apenas um de seus phpectos, cada um dos quais constitui o domínio de uma ciência social específica. As preocupações de ordem normativa são estranhas à sociologia e não lhe cabe a aplicação de soluções para problemas sociais ou a responsabilidade pelas reformas, planejamento ou adoção de medidas que visem à transformação das condições sociais. Leia mais...

Sofistas

A designação sofista, que significa "mestre da sabedoria", aplica-se a um conjunto de oradores e pensadores surgidos na segunda metade do século V a.C. em diversas partes da Grécia, mas sobretudo em Atenas. Em comum, tinham o fato de exercerem o ensino de forma profissional e remunerada. Na maioria eram professores itinerantes que encaminhavam os jovens na vida pública e gozavam de grande prestígio social. Leia mais...

Substância

A qualidade determinante da noção de substância, para os diferentes sistemas filosóficos, é, possivelmente, a persistência no tempo. Se para as filosofias materialistas a substância só se realiza no corpóreo, para o pensamento idealista ela às vezes se identifica com o próprio absoluto. O termo substância provém do verbo latino substare, que significa "estar debaixo de". Mediante ele se faz alusão a um substrato último da realidade que permanece ou subsiste apesar de todas as mudanças fenomênicas. Leia mais...

     
Digite aqui seu
E-mail para receber notícias de filosofia!



Se acaso qualquer informação do site estiver equivocada, por favor avise-nos que corrigiremos